31 Mar 2015 3880
PortoBay Hotels & Resorts
#cultura #dicas #fado #historia #in-routes&tips #lisboa #noite

A LUZ QUE REVELA A LISBOA

É a sua primeira vez na cidade ou já se tornou lisboeta de corpo e alma? Seja como for, é preciso voltar uma e outra vez para conhecer os cantos da capital portuguesa. Este roteiro é a prova disso: há sempre um sabor que fica por provar, uma vista de um miradouro por apreciar, uma rua por percorrer. .. Curioso? Não espere mais e venha descobrir que brilho é este que a cidade tem.


Vale a pena descobrir Lisboa através da sua luz única. .. Uma luz que impressiona quem a visita e torna a arquitetura da cidade viva. São mais de 3300 horas de Sol no ano! 

Hoje o passado mistura-se com uma cultura moderna, vibrante e arrojada. É fácil percorrer as ruas e vielas da cidade e encontrar um qualquer tipo de expressão artística. Mas também dentro de portas, os teatros da cidade têm uma programação preenchida e variada ao longo de todo o ano e, mesmo que não seja para assistir a um espetáculo, vale a pena conhecer muitos deles pelo valor histórico e arquitetónico. Lisboa é já também ponto de passagem obrigatório para os maiores artistas internacionais e, no verão, os festivais enchem de música a cidade.

Com um baixo custo de vida, sobretudo para quem vem de fora, é fácil comprar de tudo em Lisboa, desde produtos mais tradicionais na Baixa Pombalina até objetos, expressão máxima de uma criatividade sem limites, em lojas do Bairro Alto e Chiado, por exemplo. Para grandes marcas internacionais, a Avenida da Liberdade não é por acaso uma das mais caras do mundo. 

Ao aventurar-se em tentar conhecer a cidade, vista-se de forma confortável, porque para lhe sentir a alma é preciso esforço físico. .. Lisboa está nos detalhes visíveis ou mais escondidos.

Olhar Lisboa a partir do Tejo constitui uma experiência visual única. Várias empresas prestam este serviço com viagens de barco a partir de Belém, Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Cascais ou Estoril

E mesmo quando o sol se põe, a cidade não dorme. Para perceber porque é que Lisboa tem uma das mais afamadas vidas noturnas da Europa, basta pôr alguns locais no roteiro como o Bairro Alto, Bica, Príncipe Real, Cais do Sodré, Belém e Docas ou Avenida 24 de Julho. Os verdadeiros resistentes da noite vêm a luz chegar outra vez à cidade. Em mais um dia, o sol volta a nascer em Lisboa.

Petiscos, vinho, pastéis . .. e fado!

Registar Lisboa pelo paladar não é má ideia! Entre visitas à Torre de Belém, CCB ou Mosteiro dos Jerónimos, para quê resistir aos famosos Pastéis de Belém? Não se esqueça de lhes (um só não basta!) pôr muito açúcar em pó e canela. Já agora, siga caminho e aproveite para ver o pôr-do-sol no castelo de São Jorge.

Alguns dos mais importantes chefes de cozinha da Europa fazem verdadeiras obras de arte gastronómicas na cidade, mas para a experiência estar completa também as tascas têm de ser visitadas. Em algumas delas canta-se o fado, e em todas são servidos petiscos à moda portuguesa.

Hum, difícil é escolher: sopa rica de peixes, ovos verdes, peixinhos da horta, fava-rica, bacalhau à Brás, pataniscas de bacalhau, meia-desfeita, pescada à lisboeta, amêijoas à Bulhão Pato, sardinha assada, bife à Marrare ou bife à Café, iscas com elas, meia-unha com grão, perdizes "Convento de Alcântara”, pivetes guisados. 

Acompanha um bom vinho português, pois claro!

Gostar Partilhar Subscrever