17 Set 2015 15364
PortoBay Hotels & Resorts
#brasil #cultura #experiencias #gastronomia #memorias

Brasil, tradições e curiosidades por descobrir . ..

Brasil é sinónimo de ritmo alucinante, de danças, festas, cultura e muita animação. Além das conhecidas celebrações, tradições e costumes, existem tantas outras coisas por descobrir, que é quase preciso um mapa de tesouro para as encontrar . ..

Quando se fala no Brasil imediatamente se pensa em samba, carnaval, praia, música, passagem de ano à beira mar, muita comida e uma cultura bem quente e enérgica. No entanto, existem pequenas tradições e curiosidades que para nós podem ser desconhecidas . ..

Rio de Janeiro, a casa do samba e do sol

Entrar com o pé direito no novo ano


A chegada do último dia do ano é o fecho de um ciclo, mas é também o momento em que se aguarda com ansiedade um outro ano que se aproxima, que se espera cheio de boas energias e mudanças. Mas a passagem do ano no Brasil é muito mais do que pegar no copo de champanhe e brindar:  há todo um simbolismo de agradecimentos pelo ano que passou e desejos para o ano que se aproxima. É comum, em diversas cidades, usar roupa branca como símbolo de paz e purificação espiritual — influência de tribos africanas. Nota-se o entusiasmo em querer abraçar este novo ciclo e a vontade de atrair novas e boas energias.

Nas cidades rodeadas pelo mar, como é o caso do Rio de Janeiro, é tradição presentear a rainha do mar, Iemanjá, com flores, velas ou qualquer outra oferta para que todos os problemas sejam levados para o fundo do mar e para que a boa sorte inunde o ano que está para vir. Além disso, é ainda "obrigatório” entrar no mar e saltar sete ondas, como sinónimo de força para ultrapassar todas as dificuldades que se aproximam. O povo brasileiro acredita que o mar tem um poder espiritual e sendo o sete um número de cariz espiritual, saltar sete ondas dará forças para passar as dificuldades que possam surgir . ..

Está na hora de aplaudir o Sol

Quando estiver deitado numa das maravilhosas praias cariocas, a aproveitar os belos raios de sol, fique até este se pôr, não pode mesmo deixar de assistir a uma das mais simples, mas admiráveis tradições do povo carioca: o sol começa a pôr-se, e todos se reúnem para aplaudir o astro rei  por mais um belo dia . .. E um dos melhores locais para observar este fenómeno, é com certeza na praia do Arpoador.

Mas de onde surgiu o Samba ??

O samba é sem dúvida o ritmo tradicional que mais marca o coração do povo brasileiro, principalmente o povo carioca que preenche o ambiente das suas ruas com esta música envolvente, principalmente no Carnaval. Mas qual é a origem do samba e o que representa ??

Tendo tido a sua origem na região da Bahia em meados do séc. XX, o samba teve a sua popularidade e fortalecimento na cidade do Rio de Janeiro.

O samba representa um ritmo misturado com raízes africanas, que respira alegria e energia contagiante, harmonizando instrumentos como o violão, o cavaquinho, a pandeireta, o piano e o saxofone . ..

Com a sua crescente popularidade, foram vários os artistas que quiseram demonstrar os seus talentos. Esta ambição teve início em associações e clubes que competiam entre si, dando origem às tão conhecidas escolas de samba: "Deixa Falar”, foi a primeira escola de samba a ser fundada em 1928 e o primeiro desfile data os anos 30 do séc. XX !!

São Paulo, a cidade da boa comida, das festas juninas e da arte viva na rua

Domingo é dia de Pizza !!


É certo e sabido que o povo brasileiro adora uma boa refeição e entre sabores, texturas e condimentos, São Paulo é considerado um dos destinos gastronómicos internacionais de eleição, tendo alguns dos melhores restaurantes do mundo. Em cada canto da cidade encontramos um sabor diferente, uma forma de preparação diferente, ingredientes específicos . ..

No entanto, para o povo paulista aos domingos o "encher da barriga” faz-se de uma forma mais simples, tão simples como uma fatia de pizza juntamente com uma bela e fresca saideira (cerveja).

Milho, xadrez e fogueiras — As tradicionais festas Juninas

Como seria de esperar, festa, alegria e música não faltam nas festas juninas, no entanto é importante relembrar o que comemora o povo paulista nestas celebrações. São três os santos católicos celebrados nestas festas:  Santo António, São João e São Pedro.

E como manda a tradição, nestas comemorações não podem faltar fogueiras, comidas típicas maioritariamente feitas de milho, nomeadamente milho cozido e bolo de milho, e a tradicional dança quadrilha, com diversas coreografias acompanhadas de vestimentas próprias, como chapéus de palha e camisas xadrez.

A arte que vive na rua

Influenciada pela conhecida "Noite Branca” de origem francesa, a cidade paulista oferece aos seus habitantes e visitantes a Virada Cultural.

Espetáculos e eventos, como concertos, teatro e bailes de samba, estão espalhados pelos cantos e recantos da cidade na tentativa de promover o convívio, demonstrando que a cidade é e está disponível para todos . ..

Além deste acontecimento, também aos domingos, a Avenida Paulista é encerrada ao transito para dar lugar a feiras de arte e antiguidades, e o "Minhocão” (nome dado à via rápida Presidente Costa e Silva)  é transformado num passeio para peões e palco de atividades artísticas (teatro e arte urbana).

Búzios, a vila dos pescadores envolta num glamour sem igual

A pequena vila de pescadores


Povoada por índios, portugueses e até piratas franceses esta pequena vila de pescadores, com poucas casas chamava atenção pela sua beleza natural . ..

Contudo, em meados dos anos 60, Búzios transformou-se numa das cidades mais ambicionadas internacionalmente, dotada de um glamour sem igual, tendo sido considerada a "Saint-Tropez brasileira". Diz a história que aquando da sua visita ao Brasil, a atriz Brigitte Bardot, não conseguia encontrar sossego, sendo muito perseguida por paparazzis e, cansada da falta de privacidade, juntamente com os seus amigos, decidiu refugiar-se num local afastado, para isso escolheu Búzios . ..

Em homenagem a este ícone, uma estátua de Brigitte Bardot foi construída e é hoje uma das paragens obrigatórias da cidade !!

Rua das Pedras, mas afinal que rua é esta ??

Conhecer pessoas, ouvir músicas de vários ritmos e estilos, apreciar a arte, ver mostras de artesanato e aproveitar os prazeres da culinária são algumas das características mais marcantes da  Rua das Pedras. Com cerca de 600 metros de comprimento, a calçada é construída por pedras no estilo pé-de-moleque (pedras irregulares) cortadas verticalmente . ..

O movimento é parte integrante desta rua e, começa ao fim da tarde quando se torna o principal centro da cidade. Pode-se comer nos restaurantes sofisticados ou então optar-se pelos cantinhos de comida mais tradicional.  Jóias, antiguidades e roupas de alta costura, são algumas das coisas que se pode comprar enquanto se passeia por este calçadão . ..

A Rua percorre o mar até à Orla Bardot, onde no início da sua caminhada ter-se-á vista para a praia ilustrada pelos seus tradicionais barcos de pesca.

A cozinha com vários paladares

Quando o assunto é comida, Búzios é o cerne da mistura de tipicidades de outros países,  reunindo restaurantes italianos, franceses, japoneses, espanhóis . .. E a razão para esta diversidade é o número de estrangeiros que começaram por visitar a cidade e no fim por lá ficaram . ..

Para provar toda esta mistura e variedade de sabores, o melhor é mesmo visitar o festival gastronómico da cidade, considerado único no Brasil. Os restaurantes colocam mesas na rua em frente aos seus estabelecimento, para que os clientes tenham o prazer de degustar os diversos pratos, dando a oportunidade de todos  provarem sabores diferentes até então desconhecidos . ..

Gostar Partilhar Subscrever