03 Abr 2015 1043
PortoBay Hotels & Resorts
#arte #cultura #in-hotel #lisboa #portobayliberdade #portugalidade #tradicao

O PAINEL DE JOANA RÊGO. UMA HOMENAGEM À CULTURA PORTUGUESA

O desafio não era simples: criar uma peça de arte que fizesse parte da coleção especialmente desenhada para o PortoBay Liberdade. O painel de azulejos da pintora e artista plástica Joana Rêgo passou no teste com distinção, e é uma das obras escolhidas para homenagear a cultura portuguesa, no pátio do restaurante Bistrô4. 

azulejo é um importante suporte para a expressão artística portuguesa ao longo de mais de cinco séculos. Na sua chegada à capital do país - Lisboa - PortoBay presta homenagem àquele que é considerado hoje uma das produções mais originais da cultura portuguesa. 

O repto foi feito a Joana Rêgo. Passou o verão de 2014 a trabalhar com afinco, e não se importou de não desfrutar do verão como habitualmente faz. "Viajei de outras maneiras, enquanto trabalhava, através das ideias, das formas que iam aparecendo, da paleta de verdes e do desejo de ver a obra concluída e no seu espaço definitivo”. Os verdes de que fala a artista são das folhagens de oliveiras do painel de azulejos colocado agora no pátio do restaurante Bistrô4 do hotel PortoBay Liberdade, em Lisboa. 

O desafio perfeito

O painel de 13,70m x1,80m, rodeado por um jardim de limoeiros, representou um desafio entusiasmante. "Sair da minha ‘zona de conforto’ e arriscar um exercício que nunca tinha feito anteriormente, foi muito interessante”, recorda Joana Rêgo, acrescentando que a juntar ao entusiasmo inicial, veio logo um primeiro receio: "Uma área tão grande, uma zona exterior, uma pintura minha num material tão diferente das habituais telas. .. Mas o receio rapidamente se transformou em ação e prazer. A temática era do meu agrado - folhagens de oliveiras, árvores pelas quais nutro um grande carinho e cuja forma e paleta me dão prazer trabalhar”.

Foi na Fábrica Cerâmica Viúva Lamego que se produziu o painel, processo acompanhado ‘in loco’ pela artista. Fundada em 1849, a Viúva Lamego produz uma vasta gama de faiança e azulejos pintados manualmente e que reproduzem motivos dos séculos XVI, XVII, XVIII. Faz também trabalhos especiais realizados a partir de criações de artistas plásticos, como este.

Pintora, professora do ensino Superior e artista plástica, Joana Rêgo já havia participado  nas três edições do ‘ON Fusion Art by PortoBay’, que aconteceu na Zona Velha da cidade do Funchal. Desde o primeiro momento que mantinha em segredo o desejo de vir a trabalhar para o grupo PortoBay. Por isso, o desafio para o novo hotel PortoBay Liberdade "e, ainda por cima, sob o tema da minha série ‘Árvores’, deixou-me muito feliz e com vontade de colocar mãos à obra imediatamente”, sublinha. Joana Rêgo assina ainda duas telas, também expostas no PortoBay Liberdade.

Gostar Partilhar Subscrever