30 Jul 2018 2050
Sandra Nobre www.shortstories.pt
#in-routes&tips #lisboa #portugal

O que pode render 3 dias em Lisboa ?

Não há esquina que não tenha uma loja nova, uma galeria, um museu. Tanto para ver em tão pouco tempo. Essa é a melhor parte, ter sempre razões para voltar . ..

1º dia

Vale a pena começar cedo, vestir roupa desportiva, calçar uns ténis e explorar o Parque das Nações. Há passadiço e trilhos, para caminhar, correr ou até ir de bicicleta. Se quiser recuperar o fôlego, basta subir ao teleférico e encurtar caminho. 

Regresse de Metro ao PortoBay Marquês para se refrescar e almoçar no restaurante Trato32 – no trajeto fique colado à janela para apreciar cada uma das estações, obras singulares de artistas de renome.

Pela tarde, calcorreie a Avenida da Liberdade entre as principais marcas de moda internacionais – Prada, Gucci, Louis Vuitton, Zadig & Voltaire –, sem esquecer as multimarcas Fashion Clinic e Stivali

Na paralela Rua Rodrigues Sampaio, encontra os perfumes de nicho da Embassy, as propostas de designers nacionais na Comcor ou os fatos por medida by appointment no Ayres Bespoke Tailor.

Se precisar de deixar as compras, está a dois passos do hotel, antes de descobrir o JNcQUOI, império do luxo no Teatro Tivoli BBVA, espalhado por três pisos, onde não falta o balcão com os macarons de Ladurée. Pode jantar por aí, no delibar ou no restaurante. E que tal um speakeasy para acabar a noite ? Atravesse para a Rua do Salitre, no n.º 5A, fica o melhor bar de cocktails de Lisboa, o Red Frog.

2º dia

No Chiado, descubra o comércio entre as ruas do Alecrim e das Flores – desde o antiquário A. Trindade, a casa de azulejos e antiguidades D’Orey, a loja de comics americanos BdMania, a Clockwork Stores de tatuagens e música punk ou metal. Entre uma e outra, a Fábrica Coffee Roasters pede uma pausa para um café de filtro.

Para o almoço, a Taberna da Rua das Flores tornou-se local de culto no que toca à comida tradicional. Pode também comprar conservas, azeite, vinhos e cervejas artesanais.

Pela tarde, vá até à Rua das Janelas Verdes (n.º 128) espreitar a Wozen, galeria e estúdio de arte contemporânea, ou se preferir o clássico dos clássicos o Museu de Arte Antiga fica a poucos metros.

Siga para a Estrela, até às 18h30, pode subir ao terraço da Basílica – conta com 112 degraus e uma vista magnífica. Cruze o jardim para completar o programa.

Instale-se no PortoBay Liberdade e aí, sem pressas, entregue-se às mãos do Chefe no restaurante Bistrô4. Prepare-se para uma experiência única. Se tiver ânimo para cinco minutos de jazz, desça à Praça da Alegria até ao Hot Clube de Portugal.

3º dia

Atravesse a cidade até ao LX Factory, em Alcântara. Descubra as inúmeras lojas alternativas, a livraria Ler Devagar e demore-se entre os escritores à mesa do café. 

No mesmo registo urbano, conheça o Village Underground Lisboa, no Museu da Carris, espaço de artistas e startups, entre contentores de navios e autocarros antigos. Almoce na cafetaria.

Belém é o hotspot das tardes, entre o Museu dos Coches e o MAAT. Suba à cobertura para assistir ao pôr-do-sol e deixe-se embalar pelo Tejo.

O Time Out Market é uma opção para jantar, enquanto descobre as especialidades dos muitos chefes portugueses que ali se apresentam. Retoque o bâton vermelho para subir ao Rive-Rouge, entre o bar-lounge e a discoteca, com uma programação musical eclética. 

E o tanto que ainda ficou por conhecer . ..

Stopover

Lisboa a meio caminho !!

Agora pode ficar a conhecer dois destinos pelo preço de uma viagem !! A companhia aérea TAP criou o programa Portugal Stopover que permite fazer uma paragem de até 5 dias em Lisboa. Aproveite para conhecer os hotéis PortoBay Liberdade ou o PortoBay Marquês a caminho de uma estada na Madeira, Algarve ou Brasil . ..

Gostar Partilhar Subscrever