16 Jun 2016 1185
PortoBay Hotels&Resorts
#capital #diversao #lisboa #momentos

Santo António: a sardinha e o bailarico

Cheira a manjerico e sardinha assada. As ruas estão decoradas a preceito e a música dos bailaricos, não deixa ninguém indiferente. Os Santos Populares são sem dúvida um dos pontos altos dos meses de verão na cidade de Lisboa !!

O Santo António, o santo padroeiro da cidade de Lisboa, é celebrado nesta época festiva. Apesar da noite de Santo António ser festejada de 12 para 13 de junho, as festas alusivas a estas celebrações estendem-se por várias semanas, durante todo o mês de junho.

A Avenida da Liberdade é a mais emblemática da cidade, ligando o Marquês do Pombal ao Rossio, mesmo no coração da cidade. Com comércio e animação abundante, os meses de verão são quando esta avenida ganha ainda mais vida. Desde os quiosques onde se pode petiscar e tomar um copo, aos concertos e feiras, a oferta é infindável !!

As Marchas Populares e a Avenida da Liberdade

Um dos maiores destaques das festas populares são as Marchas de Santo António. Este desfile, em que participam várias freguesias da cidade, é um evento gratuito, onde desfilam crianças e adultos de todas as idades, com coreografias, canções e trajes preparados especialmente para este momento, representando com orgulho os seus bairros. O desfile percorre toda a Avenida da Liberdade até chegar aos Restauradores.

A sardinha, a bifana e o caldo verde

Os santos populares são música, dança, alegria, cor, festa, e comida. Como não poderia deixar de ser, esta festa tradicional conta com petiscos tradicionais, de comer e chorar por mais !! A sardinha, na brasa claro, e com pimento assado, é um dos pratos mais emblemáticos, sendo a altura em que a sardinha está no seu melhor ponto. A bifana no pão, simples ou com mostarda, ou a entremeada, são petiscos ideais para agarrar e ir comendo, de pé ou sentado, ou quem sabe até a dançar !! E, como não podia faltar, mesmo nas noites mais quentes, um bom caldo verde para aquecer o estômago, e alma.

O belo do manjerico

Um dos símbolos mais conhecidos dos santos populares é o manjerico. Tradicionalmente, estes vasos verdejantes com uma bandeirinha e quadra popular são oferecidos pelos rapazes às suas namoradas. Da mesma família da conhecida erva aromática manjericão, esta planta de origem indiana enche de verde as ruas da cidade. Conhecida pelo seu aroma fresco e agradável, há quem diga que não se deve cheirar o manjerico, pois assim a planta morrerá, mas sim tocar-lhe com a mão e cheirar a mão. Será mito ou verdade ??

Alfama, Graça e Mouraria

Vale a pena aproveitar para dar um passeio até alguns dos bairros mais típicos da cidade, para ir a um dos muitos arraiais e bailaricos que invadem Lisboa nestes dias !! Com um agradável passeio a pé de apenas 10 a 20 minutos da Avenida da Liberdade, Alfama, Graça e Mouraria são alguns dos locais mais procurados nestes dias. 

o há dúvida que Lisboa é um destino ideal para quem quer descobrir uma cidade cheia de luz e energia, ainda mais viva e pulsante nestes meses festivos de verão.

Planeie já a sua visita a Lisboa e viva esta época festiva e tradicional, cheia de música, cor e animação, numa cidade repleta de cultura e alegria. O PortoBay Marquês e PortoBay Liberdade estão no coração da cidade, mesmo no centro das festividades !!


Fotos: José Frade (EGEAC)

Gostar Partilhar Subscrever